Movimento Feminista> Uncategorized

Caso Isadora: Após MP protocolar pedido de prisão preventiva, o réu Paulo Odilon Xisto Filho é preso.

16.07.2018

Após ser protocolado no dia (09/06), o pedido de prisão preventiva contra Paulo Odilon Xisto Filho pelo MP, que comprovou seu descumprimento das medidas cautelares, no que diz respeito ao uso de álcool, indícios de uso de drogas ilícitas, proibição de ausentar-se da comarca e frequentar bares, boates, casas noturnas ou qualquer estabelecimento similar, pela Polícia Civil, além de ameaçar o delegado de Polícia Raphael Rampinelli, o réu Paulo Odilon Xisto Filho, teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Welton Rubenich, pelo feminicídio da modelo gaúcha Isadora Viana Costa e descumprimento das medidas cautelares diversas da prisão.

Paulo Odilon Xisto Filho será encaminhado ao presídio de Imbituba, onde permanecerá até o Tribunal de Júri definir sua sentença.

Compartilhe:
Postado por: admin

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *