Ecologia

Farmácia da Natureza Itinerante

18.05.2018

Foi realizado nos dias 17, 18/05 o projeto “farmácia viva da natureza” ligado ao “Fórum Parlamentar de Preservação do Aqüífero Guarani e das Águas Superfíciais” que tem como presidente o deputado estadual Padre Pedro Baldissera (PT) que aconteceu esta semana na região sul do estado.

Os encontros foram assessorados pelo especialista Alesio dos Passos Santos e pela farmacêutica Viviane Corazza.

O encontro desta sexta feira irá até as 16:00hs

Sexta-feira 18/05/2018

Local: Içara – salão paróquia São Donato

Horário: das 9:00 as 16:00 hs

Parceiros: prefeitura de Içara, Fundai, Epagri.

E para quem tiver interesse, ele estará ocorrendo amanhã no sábado em Urussanga.

Sábado: 19/05/18 ” 21° encontro de mulheres agriculturas de Urussanga”

Local: Urussanga – Salão igreja matriz

Horário: 13:30 as 16:00

Parceiros: Epagri

Farmácia da Natureza Itinerante

Projeto promovido pelo mandato do deputado Padre Pedro desde 2007, com a participação de Alesio dos Passos, um dos maiores especialistas catarinenses no cultivo e aplicação de plantas e ervas bioativas e destinadas à utilização na culinária. Alésio atua na área há mais de quatro décadas e conduz o Farmácia da Natureza nos mais diversos espaços.

A proposta no Farmácia da Natureza Itinerante é ampliar o trabalho por todo Estado, informando a população e os pequenos agricultores sobre a identificação, o cultivo e o uso dessas poderosas armas em favor da saúde e até da agricultura, a partir da introdução de algumas espécies associada a técnicas de controle biológico.

Para a população, o objetivo é mostrar como identificar e cultivar as plantas, ao mesmo tempo em que são informadas sobre o cuidado com a utilização de cada espécie. Com os pequenos agricultores, a intenção é auxiliar no cultivo tanto para as comunidades, quanto como forma de agregar renda para uma ou mais famílias. A matéria-prima é muito requisitada não só para chás e outras aplicações terapêuticas, mas também na culinária, o que ampliou significativamente a demanda por estes produtos.

É, também, um plano de médio e longo prazo para resgate dos usos e aplicações das plantas medicinais. E isso ocorre junto do trabalho técnico que defende a atividade como um elemento importante nas áreas de saúde e agricultura, da população e dos poderes públicos. A partir dessa ideia é que surgiram, por exemplo, hortos comunitários.

Outra questão que ganha cada vez mais atenção por parte do Ministério da Saúde é a inclusão de práticas integrativas, e da fitoterapia, no SUS. O projeto Farmácia da Natureza trabalha também nesta perspectiva, de auxiliar os municípios a criarem planos municipais de fitoterapia, que se utilizam exatamente dos espaços comunitários para integrar o trabalho junto das unidades de saúde.

As atividades são coordenadas em diversos municípios do interior.

Desde o final de 2012, a farmacêutica Viviane Corazza integra a equipe, dirigindo seu trabalho às questões técnicas e de manipulação destas plantas e ervas bioativas. Seu conhecimento auxiliou para que muitos grupos materializassem, no Estado, iniciativas positivas de trabalho nesta área.

O trabalho tem o apoio do Fórum Para Preservação do Aquífero Guarani e das Águas Superficiais, integrando um conjunto de medidas voltadas à área da sustentabilidade.

Com informações Mandato do Deputado Padre Pedro.

Fotos de Cocal do Sul: Rodrigo Szymanski.

Fotos de Içara: Tânia Giusti Faveri

Compartilhe:
Postado por: admin

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *