Educação> Movimento Feminista> Movimento Sindical> Política

Mulheres vítimas de violência doméstica, tem prioridade para vagas em creches e escolas para filhos em três municípios catarinenses.

11.05.2019

Os filhos e filhas de mulheres vítimas ou diretamente vitimadas em casos de violência doméstica tem prioridade em vagas nas creches e escolas dos Municípios de Florianópolis, Forquilhinha e Brusque.

um projeto, ainda em tramitação no Congresso Nacional, para se tornar obrigatório no Brasil, de autoria da Deputada Geovania de Sá (PSDB/SC).

Florianópolis foi o primeiro município a aprovar o projeto, seguido por Forquilhinha e Brusque.

No município de Forquilhinha, além da prioridade para vagas em creches e escolas, o vereador Célio Elias (PT), por meio de um projeto de lei, solicitou a criação de bancos de empregos para mulheres vítimas de violência doméstica.

O projeto permite que o Poder Executivo promova medidas de incentivos às empresas que se cadastrarem e oferecerem vagas no Banco de Empregos.

Segundo o vereador, a mãe deverá ser acompanhada pela equipe técnica CREAS quanto for na entrevista de emprego. “Esse projeto foi pensando em dar proteção às mulheres, e é fruto de estudo e de uma discussão com profissionais do Creas. Foi constatado que muitas vezes a mulher é agredida mas ela não denuncia porque fica refém da dependência econômica do agressor”, reforçou Elias.

Com informações portais ND, Forquilhinha Notícias, O Município e Câmara de Vereadores de Forquilhinha.

Compartilhe:
Postado por: admin

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *